quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Desperte o interesse das crianças pela leitura

Coordenador pedagógico e fundador do blog “Como Educar seus Filhos”, Carlos Nadalim, dá dicas para despertar o hábito da leitura nas crianças (Foto: Divulgação)

O brasileiro lê muito pouco. Segundo a quarta edição da Pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, menos de cinco livros por ano. O estudo mostrou ainda que o incentivo para reverter a situação é baixíssimo. Por exemplo, 67% da população não recebeu apoio algum para abrir um livro sequer.

Para o professor, coordenador pedagógico e fundador do blog “Como Educar seus Filhos”, Carlos Nadalim, o hábito da leitura deve vir de casa. Segundo ele, para combater a falta de interesse, os pais precisam ler mais histórias em voz alta para as crianças.

Segundo o especialista, o momento da leitura é muito importante por ser uma ocasião de descobertas para a criança e também de aproximação da família. “Minha primeira dica é que, antes de ler o livro escolhido para os filhos, os pais leiam-no em voz alta para si mesmos, pois para se familiarizar com a narrativa é preciso dominar a história antes de lê-la”, relata.

Outro ponto a ser considerado, segundo Nadalim, é que o texto precisa ser interessante para o leitor e para o ouvinte. Ele enfatiza a importância de se colocar no lugar das crianças e observar se o conteúdo é instigante e a sonoridade agradável.

Uma leitura prévia do texto também possibilitaria aos pais antecipar se há ali algo inadequado para seus filhos, devendo ser omitido no momento da leitura. “Muitas vezes nós, pais, pegamos o primeiro livro que temos à mão e fazemos a leitura. Surge então um trecho ou palavra inadequados para a criança e acabamos lendo sem pensar”, diz.

Nadalim ressalta também que as ilustrações merecem cuidados. Os pais devem buscar imagens que espelhem a beleza da natureza e utilizá-las para manter o interesse dos pequenos.

Por fim, ele destaca a importância das repetições nas histórias infantis. Por exemplo, quando se lê histórias em que frases, palavras e expressões se repetem ao longo da narrativa, numa brincadeira com a linguagem, isso cria expectativa na criança. “Ela espera por essa repetição”.

- Trata-se de um recurso interessante para a leitura em voz alta, que aparece especialmente nos contos de repetição e histórias acumulativas muito comuns tanto na tradição oral quanto na literatura infantil contemporânea, como ‘Dona Baratinha’, ‘A galinha ruiva’, ‘O macaco que perdeu a banana’ e ‘A casa sonolenta’, conclui.

Site: http://comoeducarseusfilhos.com.br/blog/

Por Tiberius Drumond


0 comentários:

Postar um comentário