sábado, 13 de agosto de 2016

Cortes no ensino superior público sucateiam universidades públicas, denuncia Humberto

Foto: Alessandro Dantas/Liderança do PT no Senado

O líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), classificou como “alarmante” a informação que o governo interino do presidente Michel Temer (PMDB) pretende cortar no ano que vem cerca de metade dos recursos usados para investimentos nas universidades federais do país. Além disso, o governo Temer prevê um corte de 18% no custeio das instituições.

“O governo golpista do presidente Michel Temer e do ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM-PE), é o coveiro da educação nacional. Eles estão acabando com programas que são referência internacional, como o Ciência sem Fronteiras e, agora, anunciam oficialmente esse sucateamento das universidades federais. Estão querendo destruir o que um país tem de mais importante: o seu futuro”, criticou Humberto.

A expectativa é de que o governo Temer corte recursos da ordem de R$ 350 milhões. O corte nos recursos das universidades federais está previsto no Projeto de Lei Orçamentária Anual, que a gestão peemedebista quer enviar ao Congresso Nacional até o fim de agosto.

“Os cortes na educação mostram que o governo golpista de Temer não está preocupado em atender as demandas da população. O que as grandes manifestações de rua que aconteceram em todo o país pediam eram mais investimentos em saúde e educação. Essa gestão temerária está fazendo exatamente o contrário disso. Precisamos seguir em mobilização constante para que a população brasileira não seja penalizada por esse governo ilegítimo”, afirmou.

Assessoria Senador Humberto Costa


0 comentários:

Postar um comentário