quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Assembleia Legislativa reverencia cinema pernambucano com homenagem a Kleber Mendonça Filho e Emilie Lesclaux

Edilson Silva, Emilie Lesclaux, Kleber Mendonça Filho e Paulo Rubem Santiago (Foto: Henrique Genecy/Alepe)

O talento, a dedicação e o trabalho de um casal apaixonado por cinema têm colocado Pernambuco num patamar de excelência na área cultural. O cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho e sua mulher, a francesa Emilie Lesclaux, são realizador e produtora, respectivamente, do longa-metragem Aquarius, que representou o Brasil no Festival de Cannes de 2016, na França, e foi premiado em outros festivais. O filme, protagonizado por Sônia Braga e ambientado no Recife, estreia no Brasil em setembro e já tem exibição garantida em mais de 50 países. A dupla foi homenageada nesta quarta(17), em uma Reunião Solene na Assembleia Legislativa, pela contribuição ao cinema do Estado. A iniciativa partiu do deputado Edilson Silva (PSOL), que presidiu a cerimônia.

Kleber Mendonça, que também é jornalista e coordenador de cinema da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), começou a fazer filmes nos anos 1990. Desde então, já teve produções premiadas em festivais nacionais e estrangeiros. Ele dirigiu curtas-metragens como Vinil Verde (2004), Eletrodoméstica (2005) e Recife Frio (2009) e, em parceria com Emilie, realizou, em 2012, seu primeiro longa, O Som ao Redor, classificado pelo The New York Times como um dos melhores filmes daquele ano e escolhido para representar o Brasil no Oscar de 2014.

Emilie Lesclaux é cientista política e veio para o Recife para trabalhar no Consulado da França, há 14 anos. A partir de seu interesse por cinema, houve uma aproximação com Kleber, e os dois começaram a colaboração artística com a produção dos primeiros curtas do diretor. Em 2008, fundaram a produtora CinemaScópio, onde compartilham as atividades de realização e produção.

Na abertura da Reunião Solene, Edilson Silva destacou “que a homenagem é uma forma de manifestar o apreço e o reconhecimento do Poder Legislativo ao trabalho de Kleber e Emilie, que vêm abrindo espaço na cena mundial para o cinema pernambucano”. O parlamentar enalteceu festivais e filmes produzidos pelo casal, como Aquarius, que é a primeira produção internacional da CinemaScópio, cuja pré-estreia no Recife será no próximo sábado, no Cine São Luiz. O deputado também lembrou a “corajosa atuação da produção do filme, ao demonstrar seu posicionamento político durante a exibição no Festival de Cannes.

Emilie agradeceu a homenagem da Assembleia. “Foi muito emocionante ouvir aqui tudo o que fizemos nesses dez anos. Essa solenidade me toca profundamente, principalmente porque vivemos um momento em que artistas são atacados por terem opinião”, afirmou, reconhecendo também a importância do Funcultura para a realização dos eventos.

Kleber Mendonça Filho citou a importância de Joaquim Nabuco, patrono da Assembleia Legislativa, em sua vida. Ele recordou a dissertação de mestrado feita por sua mãe sobre o abolicionista. “Alguma coisa de Joaquim Nabuco deve ter entrado nos meus filmes.” O cineasta disse se sentir muito orgulhoso de fazer parte da comunidade artística do Recife. “Nossa produção nas artes plásticas, teatro, música e cinema é intensa. Nesse momento delicado em que vivemos, a área cultural é muito atacada por ser livre, por isso, a homenagem de hoje é muito importante para mim e Emilie”, enfatizou. Edilson Silva e a deputada Teresa Leitão (PT) entregaram ao casal duas placas comemorativas da Assembleia.

Alepe


0 comentários:

Postar um comentário