sexta-feira, 22 de julho de 2016

Tiroteio em shopping na Alemanha deixa vários mortos e feridos


A polícia alemã afirmou que um tiroteio deixou ao menos oito mortos em um shopping center em Munique nesta sexta-feira (22). O porta-voz da polícia, Marcus da Gloria Martins, afirmou que a ação pode ter envolvido três atiradores. As autoridades buscam os autores do ataque.

Há uma grande operação de segurança em toda a cidade. A polícia suspeita de terrorismo, mas até agora sem ligação com o terror de inspiração islâmica, e está à procura dos criminosos. Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria dos ataques. Segundo autoridades, a diz que a situação geral na cidade "ainda não é clara" --mais de um tiroteio pode ter ocorrido, em diferentes locais, informação que não está confirmada. Não há informações sobre o número de feridos.
A polícia alemã pediu à população que evitasse lugares públicos na cidade. Além disso, orientou os moradores para que não postem imagens nas redes sociais. "Não apoie os criminosos", escreveu a polícia. A principal estação de trem foi esvaziada, e os serviços de ônibus e metrô foram suspensos.

Testemunhas disseram ter visto três homens fortemente armados. Essas testemunhas também afirmaram que havia tiroteio em ruas próximas, assim como no interior do shopping center Olympia.

A primeira ligação de uma testemunha para os serviços de emergência foi registrada às 17h50 (hora local; 12h50 de Brasília) e alertava sobre um tiroteio em duas das ruas próximas ao complexo comercial, que fica em uma zona residencial e tem um total de 135 estabelecimentos.

Os agentes também atendem a um chamado ocorrido no centro da cidade, que fica distante do shopping.

A emissora CNN mostrou um vídeo, publicado nas redes sociais, de um homem atirando na saída de uma lanchonete externa do McDonald's. Pelo Facebook, a polícia alemã confirmou que um tiroteio começou nas ruas de Munique e depois foi registrado dentro do shopping Olympia.
Vários agentes rodearam o centro comercial e helicópteros sobrevoaram a região.
O shopping foi esvaziado.

Do UOL, em São Paulo


0 comentários:

Postar um comentário