quinta-feira, 21 de julho de 2016

Presidiários do Sertão de PE integram grupo suspeito de tráfico e homicídios, diz delegado

'Operação Hades' busca suspeitos de tráfico, roubos e homicídios no Sertão de Pernambuco (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Sete detentos faziam parte do grupo desarticulado pela Polícia Civil na "Operação Hades"na manhã desta quinta-feira (21). "São pessoas que estão em unidades prisionais de São José do Egito, Verdejante, Arcoverde e Salgueiro. Eles participavam do grupo por meio de celulares", informou ao G1 o delegado Lamartine Fontes. Segundo a polícia, a associação criminosa é suspeita de roubos, homicídios, tráfico de drogas e comércio de armas de fogo.

Ao G1, o delegado explicou que - com estes novos mandados - as penas dos detentos podem aumentar. "Também será impedido que eles saiam das unidades prisionais. Todos os presidiários já foram identificados", detalhou. Segundo Lamartine Fontes, ainda não se pode informar se há algum suspeito de comandar o grupo para não atrapalhar as investigações.

De acordo com o delegado, até às 9h45 desta quinta foram cumpridos 22 dos 25 mandados de prisão e 32 dos 35 de busca e apreensão. "Ainda não apreendemos nenhum material como drogas e armas. Nossas equipes ainda estão nas ruas", disse Lamartine.


Entenda o caso
Uma operação da Polícia Civil - denominada "Hades" - cumpre nesta quinta-feira (21) 25 mandados de prisão preventiva e 37 de busca e apreensão contra integrantes de uma associação criminosa no Sertão de Pernambuco.

A ação será realizada nas cidades de São José do Egito, Itapetim, Salgueiro, Verdejante e Arcoverde.

Ainda de acordo com a polícia, dos 25 mandados de prisão preventiva, sete foram expedidos em contra "detentos recolhidos no sistema prisional". Os presos e os materiais apreendidos na operação serão encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de São José do Egito.

Os detalhes da investigação e operação serão divulgados na terça-feira (26), às 9h30, na sede Operacional da Polícia Civil, no Recife.

G1 CARUARU


0 comentários:

Postar um comentário