sexta-feira, 29 de julho de 2016

Comunidades rurais de Pernambuco recebem informações do Projeto São Francisco

Somente neste ano, mais de 2,5 mil pessoas foram atendidas nos estados de Pernambuco, Ceará e Paraíba (Foto: MI/Divulgação)

Manter a população informada sobre o andamento do Projeto de Integração do Rio São Francisco, a maior obra de infraestrutura hídrica do país, é também uma preocupação e prioridade do Ministério da Integração Nacional. Nesta quinta-feira (28), as 25 famílias que viviam na faixa da obra e foram reassentadas na Vila Produtiva Rural (VPR) Pilões, em Verdejante (PE) receberam a visita das equipes técnicas da Comunicação Itinerante, uma das ações do projeto.

A atividade faz parte do Programa de Comunicação Social do Projeto São Francisco, que tem mantido um relacionamento contínuo com os cidadãos das cidades cruzadas pelos 477 quilômetros dos eixos Norte e Leste da obra executada pelo Ministério da Integração Nacional. Mais de 33,9 mil pessoas já participaram dos encontros itinerantes, que levam a informação onde o cidadão estiver, tanto na zona urbana quanto na rural.

Durante o encontro, as famílias tiveram a oportunidade de conhecer os detalhes do funcionamento das obras e a execução dos programas ambientais do empreendimento. “A gente fica muito grato por vocês virem até aqui pra falar conosco. Tínhamos dúvidas que queríamos tirar e nós tiramos. E vimos que a água vai ser para as pessoas e para os animais. Ficamos muito felizes por recebermos essas informações”, afirmou o agricultor e presidente da associação da comunidade rural Sítios Novos, Ricardo Pereira, durante reunião realizada neste mês em Salgueiro (PE).

O conteúdo abordado pelas equipes também deixaram satisfeita a agricultora Maria das Graças dos Santos - Dona Gracinha - como é mais conhecida em sua comunidade Sítios Novos, em Salgueiro (PE). “A minha maior alegria é que eu sei que essa água vai chegar a todos nós. Eu achei belíssimas as informações, pois nos esclareceram. Porque vieram aqui e trouxeram a verdade pra gente. Tudo que começa é difícil, mas todo mundo vai ver que o projeto é um beneficio para todos”, declarou.

Além de atender as comunidades rurais pernambucanas de Verdejante e Salgueiro, a Comunicação Itinerante também passou pelo município de Betânia (PE) em julho deste ano. Por conta do recesso do calendário escolar, as atividades nas zonas urbanas voltarão a partir da segunda quinzena de agosto.

O trabalho da Comunicação Itinerante é realizado por meio de conversas e apresentações em áreas urbanas e rurais, em locais abertos como as praças centrais das cidades, onde são montados estandes sobre o projeto. As escolas municipais também recebem as equipes do Ministério da Integração Nacional, que realizam palestras para os estudantes.

Para ampliar o contato com a população, o Programa de Comunicação Social ainda possui dois Centros de Referência para receber as pessoas interessadas em conhecer mais sobre o empreendimento. Os centros estão localizados nos municípios de Salgueiro (PE), no Eixo Norte, e Custódia (PE), no Eixo Leste. O agendamento de visitas é realizado por meio do telefone 0800 da Ouvidoria do Ministério da Integração Nacional e o atendimento é realizado das 8h às 12h e das 13h às 18h.

Criada em 2011, a Comunicação Itinerante percorre os 17 municípios da área de influência do projeto: Cabrobó, Salgueiro, Terra Nova, Verdejante, Floresta, Custódia, Betânia e Sertânia, em Pernambuco; Penaforte, Jati, Brejo Santo, Mauriti e Barro, no Ceará; São José de Piranhas, Monte Horebe, Cajazeiras e Monteiro, na Paraíba.

Programas ambientais

O Programa de Comunicação Social integra um conjunto de 38 programas ambientais do projeto. As estratégias buscam minimizar o impacto da obra e têm possibilitado o conhecimento profundo da fauna e flora do bioma Caatinga, além do desenvolvimento nos aspectos econômico-sociais e arqueológicos da região.

Garantia de água

Prioridade do Governo Federal, o Projeto de Integração do Rio São Francisco vai assegurar o abastecimento regular da população de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Serão beneficiados mais de 12 milhões de habitantes em 390 cidades nesses Estados. Os dois eixos – Norte e Leste – de transferência de água do empreendimento estão em execução e apresentam 88,4 % de avanço físico.

Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Integração Nacional


0 comentários:

Postar um comentário