quarta-feira, 27 de julho de 2016

Bancada de Oposição cobra explicações sobre tabela de pagamentos e finanças do Estado

Sílvio Costa Filho (Foto: Arthur Marrocos)

A Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) vai solicitar à presidência da Casa a presença dos secretários de Administração, Milton Coelho, e da Fazenda, Marcelo Barros, para dar explicações sobre a saúde financeira do Estado e a situação dos servidores. O pedido será apresentado logo na volta dos trabalhos legislativos, na próxima semana.

Nesta quarta-feira (27), o Governo de Pernambuco confirmou que os ocupantes de cargos comissionados só receberão seus salários no dia 12 de agosto, em virtude da dificuldade financeira enfrentada pelo Estado. Líder da bancada oposicionista, o deputado Silvio Costa Filho (PRB) lembra que esta é a terceira mudança no calendário de pagamento do funcionalismo público estadual desde o início da atual gestão. “O governador Paulo Câmara assumiu o Estado com os salários sendo pagos até o dia 30 do mês, depois mudou para o dia 5 e agora posterga o pagamento dos mais de 2.600 comissionados para o dia 12. Essa medida tem preocupado os 245 mil servidores estaduais, que ficam sem saber qual será o próximo passo do Governo”, ressaltou.

Silvio destaca que desde o início do Governo Paulo Câmara, o Estado vem dando sinais de desequilíbrio financeiro, com o atraso de pagamentos a fornecedores, terceirizados e um volume alto de restos a pagar. Segundo o parlamentar, as medidas anunciadas até aqui penalizaram a sociedade, com o aumento de impostos aprovados na Alepe no final de 2015, que renderam R$ 487 milhões para o Governo, além do setor produtivo, com as alterações no Prodepe adotadas no final do primeiro semestre. “São vários os sinais de desequilíbrio financeiro, mas mesmo assim o Governo do Estado tem evitado tomar decisões efetivas para resolver o problema. O ajuste na máquina administrativa nunca foi efetivamente realizado”, cobrou.

Assessoria de Imprensa Bancada de Oposição na Alepe


0 comentários:

Postar um comentário